A oferta de um plano de assinatura mensal pode fazer a diferença para um crescimento exponencial de seus negócios.

As ideias por trás do crescimento de seguidores e novos clientes  são enormes na comunidade de startups, mas são bem menos conhecidas pelo proprietário de uma pequena empresa. Isso não significa que eles estão fora do alcance deste novo mercado tecnológico. Você só precisa saber como tudo funciona e por que uma certa estratégia de crescimento através das redes sociais será benéfica para você.

Muitas vezes somos consultados para ajudar pequenas empresas com seu marketing digital , e na verdade somos surpreendidos por quantos empreendedores iniciam seus negócios sem a menor ideia de como eles estão planejando vender seus produtos . A estratégia certa de comercialização pode fazer grande diferença nestes casos.

No entanto, no marketing digital de crescimento, você está incorporando o marketing à sua oferta. Você está construindo um exército de fãs leais e delirantes que farão todo o seu marketing por você. E, realmente, essa é a solução perfeita para um pequeno empresário, sem nenhuma especialidade de marketing.

Existem muitas estratégias surpreendentes de hackers de crescimento por aí, mas a maioria dessas histórias são realmente apenas estratégias de marketing inteligentes ultra eficazes. O que a maioria das pequenas empresas realmente precisa é de algo que funcione por si só, sem qualquer impulso extra de marketing.

  1. O que é o Growth hacking e como isto se aplica a uma pequena empresa.

Growth hacking é uma forma de trabalhar o crescimento do seu negócio com base em práticas melhores, que são construídas a partir de hipóteses e experimentos. Por isso, quem pensa que se trata de ter uma ideia genial para muda os paradigmas de resultado da empresa está enganado!

O Growth hacking pode e deve ser aplicado em qualquer empresa independente do seu tamanho.

Esse sistema pode ser replicado mesmo que sua oferta não seja gratuita. Tudo o que você precisa fazer é ser extremamente organizado ao criar faturas. Como empresa de pequeno porte, isso pode ser feito manualmente e nem exige software sofisticado. Basta acompanhar tudo em suas planilhas de faturamento, e verificar qual dos seus clientes mais compram , quais os produtos mais vendem , quem são os novos clientes e quais já são clientes recorrentes.

Com isso você está construindo uma comunidade cativa e engajada dentro do seu negócio.

OK, agora posso ter confundido algumas pessoas que não conseguem ver como isso se aplica aos seus negócios. Garanto-lhe, você pode fazer isso funcionar.

  1. Seu plano de assinatura mensal.

Para começar, você precisa criar um plano de assinatura.

Quase todas as pequenas empresas podem oferecer algum tipo de plano de assinatura, por isso não pense que você é uma anomalia. Seja criativo. Pense fora da caixa.

Haverá algo que você pode oferecer a seus clientes regularmente por um custo um pouco menor do que se eles o estivessem adquirindo seus produtos apenas quando da necessidade de comprá-los. Louco mais possível vejam os exemplos abaixo:

NegócioOferta
Escola de músicaMensalidades
Escritor freelancerPostagens mensais do blog
ManobristaLavagem Mensal
CaféClube mensal da ceia
LivrariaClube mensal do livro 
CabeleireiroCorte de cabelo mensal
Fábrica de boloBolo mensal entregue
Berçário / babáTaxas de serviços mensal
ConsultorSessão mensal de duas horas
Gerente de eventosEvento mensal de festas
JardineiroTaxa de serviço mensal
Loja de roupasEvento mensal de moda
FaxinaFatura mensal de limpeza

Você entendeu, tenho certeza.

Não se esqueça que os serviços de assinatura são o melhor pacote para obter receitas recorrentes confiáveis ​​para seus pequenos negócios.

Se você ainda estiver com dificuldades para ver como um serviço de assinatura pode se encaixar no dia a dia da sua empresa, ainda poderá fazer isso em cada compra individual de cada cliente . Você só precisa definir quantas vezes determinados produtos precisarão ter sido compradas de você para que você ofereça um diferencial a aquele cliente que é recorrente em suas compras . Como exemplo podemos citar os cartões de fidelidade de restaurantes .


  1. O Plano de Referência.

Em seguida, você oferecerá um desconto para todos os seus clientes que repetidamente têm adquirido seu produto. Ele não precisa ser grande, apenas precisa ser constante e atrativo enquanto aquele cliente se manter fiel ao seu negócio. É por isso que você terá que ser bastante eficaz no controle de suas planilhas sobre a recorrência dos clientes , para que não haja erros em suas ofertas de bonificação aos clientes.

Você pode até achar que isto está demasiadamente parecido com os esquemas de pirâmide. A diferença é que você está realmente oferecendo um produto ou serviço pela fidelização de seus clientes.

Vamos dar um exemplo para mostrar como isso pode funcionar em teoria.


  1. O Clube do Jantar mensal.

Então, você é dono de um café. Você normalmente abre para o café da manhã e o almoço, exceto para eventos ocasionais à noite. Você está lutando para fazer esses eventos a noite serem viáveis em termos financeiros e valerem o esforço que você empreende para viabilizá-los.

Vamos supor que você adote o conceito de um clube de jantar mensal, no qual os membros comprometem-se com um débito mensal de um valor anteriormente estipulado por participação regular. As noites do jantar acontecem toda quinta-feira com diferentes bandas locais tocando, por isso não importa em que noite seus membros decidem vir, desde que eles usem apenas a mensalidade para uma refeição pré-paga todos os meses. Você envia lembretes por e-mail e texto para garantir que as pessoas não se esqueçam de usar sua mensalidade.

Agora, para criar o clube você oferece uma taxa de R $ 1,00 por cada novo membro indicado pelo associado e que este valor será deduzido da mensalidade daquele associado no mês da indicação, e além disso se este novo associado se filiar você pagará um bônus extra para o associado indicante no valor de R$ 3,00 . Os membros do seu clube de jantar mensal serão muito incentivados a indicar todos os amigos, como também terão muita probabilidade de lhe ajudar para que os seus indicados se filiem rapidamente ao seu clube.

Se um membro de seu clube recrutar dez de seus amigos, você não ficará chorando com o pouco que a refeição mensal dessa pessoa está trazendo para o seu negócio. Você ficará entusiasmado com o fato de outras dez pessoas pagarem a mensalidade de seu clube agora todo mês.

E se você receber muitas pessoas no seu clube de jantar, talvez seja necessário começar a abrir também na quarta-feira. Mas com uma renda mensal confiável cobrindo essas noites. Provavelmente você jamais ficará preocupado com o fato de não ter lucro.

Se você ainda não está vendo o poder dessa abordagem, pense no poder de uma grande rede social. Pense em usar estratégias para manter os seus serviços de assinatura ativos, para nunca perder um cliente.

Pense em todos os pais na entrada das escolas ou na saída de seus filhos  dizendo aos outros pais sobre a incrível escola de dança que seus filhos frequentam. Sua escola de dança está sendo discutida positivamente pelo seu mercado-alvo em lugares que você não pode acessar? Impagável.

  1. Quanto vale um novo cliente para você?

Tudo volta à questão norteadora no orçamento de marketing e vendas: quanto vale um novo cliente para você?

Faça seus cálculos e crie um sólido esquema de referência em sua oferta de assinatura. Crescer sua pequena empresa e atraindo um exército de clientes que poderão ser os maiores disseminadores de sua marca. Não é preciso nenhum orçamento de marketing estratosférico o que se precisa é uma excelente orientação de como traçar sua estratégia de marketing e da melhor maneira de botá-la em prática . Que tal começar agora a pensar nisso.

Comentários
WhatsApp Converse com a gente no WhatsApp